Paris 1950–1960

14 Février - 4 Avril 2020

A exposição apresenta uma seleção de aproximadamente 20 obras dos artistas – Mark Tobey, Vieira da Silva, Arpad Szenes, Zao Wou-ki, Martin Barré, Marta Pan, Gérard Schneider, Luis Feito, Charles Lapicque e Loló Soldevilla.

 

Esta é a primeira, de um ciclo de exposições que apresentaremos anualmente na galeria, a propósito da atividade artística na capital francesa durante o período do pós-guerra.

 

A exposição PARIS 1950-1960, apresenta obras de um conjunto de artistas, em grande parte associados à denominada École de Paris. Este grupo de artistas, maioritariamente estrangeiros, realizaram uma parte importante do seu trabalho na capital francesa durante o período em questão, contribuindo de forma significativa para a vitalidade artística na Europa do pós-guerra. Aos mais célebres representantes deste período: Mark Tobey (EUA), Vieira da Silva (Portugal/França), Zao Wou-Ki (RDC/França) e Árpád Szenes (Húngria/França) , são acrescentadas obras da artista de origem húngara, Marta Pan, do pintor suíço Gérard Schneider, do espanhol Luis Feito, dos franceses Charles Lapicque e Martin Barré, e da cubana Loló Soldevilla, cujo trabalho foi recentemente redescoberto e apresentado na Galeria Sean Kelly de Nova Iorque, e a quem consagramos uma importante exposição individual na galeria, em Abril.